O Brasil produz 1,4 bilhão de litros de cachaça por ano, gerando R$ 7 bilhões e cerca de 600 mil empregos diretos e indiretos, segundo dados do Centro Brasileiro de Referência da Cachaça. Em Minas Gerais, a cachaça é considerada patrimônio cultural.

De olho neste segmento, uma das maiores e mais modernas destilarias de cachaça do país, a Destom, localizada em Faria Lemos, no Terroir da Mantiqueira, lançou a Spiral. Voltada para atender a mixologia, a Spiral é uma cachaça ideal para drinks, com personalidade, leve e que não sobrepõe ao sabor das frutas.

Idealizada para o público jovem, principalmente o feminino, a cachaçaria vai produzir cerca de 200 mil litros brutos este ano e a meta é atingir a marca de 500 mil litros em 2016.

A ideia é alcançar todo o mercado nacional ainda em 2015. Sobre exportação, Pablo Melgaço, diretor executivo da Cachaça Spiral, conta que os planos já estão a todo vapor. “Iremos participar de uma das maiores feiras de comida e bebida do mundo, em Colônia, na Alemanha, e participaremos de outros eventos internacionais na Europa e Estados Unidos”, explica.

A Cachaça Spiral esteve na 5a edição da Feira Gastronômica Mercado Central – Aproxima com sete tipos diferentes de drinks, deixando de lado a vodka e adotando uma bebida de melhor qualidade. “Vendemos cerca de 400 drinks e quem experimentou, aprovou”, comemora Melgaço.

E para as próximas edições da Feirinha Aproxima e da Feira Gastronômica Mercado Central – Aproxima, o público pode aguardar novidades.